Começa operação policial para reduzir crimes no final do ano em Lucas do Rio Verde

A secretaria municipal de Segurança e Trânsito, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e a Polícia Civil, com o apoio da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) começaram operação Boas Festas, cuja prioridade será a redução do número de ocorrências durante o período de Natal e Ano Novo sem descuidar da pandemia, no início desta semana.  Segundo o secretário municipal de Segurança e Trânsito, Edgar Rojas, o pagamento do 13º salário e as festas de final de ano aumentam a movimentação do comércio, o consumo de bebida alcoólica e do número de pessoas que se deslocam para fora do município, criando, naturalmente, um quadro que exige cuidado redobrado de todas as forças de segurança.

“O objetivo é minimizar as ocorrências relativas às festividades de final de ano, sem descuidar da Covid-19. Cada gestor fez seu próprio planejamento operacional e se preparou para garantir a segurança da população, combater a criminalidade e manter os índices que são bastante satisfatórios em nosso município para que todos possam comemorar em clima de paz e de tranquilidade”, disse Rojas.

O comandante do 13º Batalhão e tenente-coronel da PM, Paulo Secchi, destacou que as ações integradas já em andamento por parte das forças de segurança locais serão mantidas e que, especificamente em relação ao período festivo, o policiamento será intensificado para evitar o crescimento de casos. “Pedimos que as pessoas que forem viajar sigam alguns cuidados básicos em relação às suas residências, como conferir se portas e janelas realmente estão bem fechadas, que algum familiar ou conhecido verifique diariamente se está tudo em ordem e que algum vizinho de confiança fique atento a qualquer movimentação estranha”.

Secchi ainda recomendou que as pessoas fiquem bastante atentas e evitem chamar a atenção durante a circulação pelo comércio e, se possível, utilizem cartões em vez de cédulas de dinheiro para efetuar os pagamentos e procurem andar sempre acompanhadas. “A colaboração das pessoas é fundamental para que a gente consiga realizar um policiamento com qualidade e todos possam comemorar o Natal e a passagem de ano com segurança e tranquilidade. Caso haja algum furto, roubo, não deixem de fazer o Boletim de Ocorrência para que, em cima desses dados, possamos agir imediatamente para ter melhores resultados”.

Para o delegado da Polícia Civil, Eugênio Rudy Júnior, as recomendações passadas pelos órgãos de segurança pública à população são extremamente importantes para reduzir o número de ocorrências, em especial de crimes patrimoniais, que, historicamente, crescem vertiginosamente nesse período, principalmente furtos. “O fluxo maior de saques e de movimentação de valores vultosos nesse período nos estabelecimentos bancários chama a atenção de pessoas mal-intencionadas que estão dentro e fora das agências para a prática de roubos ou até mesmo extorsão e, por isso, se for mesmo necessário fazer depósito ou saque, vá sempre acompanhado de alguém para ficar atento ao que acontece ao redor”, orientou.

O comandante da 13ª Companhia Independente de Bombeiros Militar, major Alex Queiroz, disse que a guarnição vai apoiar as demais forças de segurança não apenas nas ações de combate à criminalidade, mas principalmente na prevenção de aglomerações em eventos e estabelecimentos nesse momento de alta do número de casos ligados à pandemia. “Vamos fiscalizar esses locais quanto às providências em relação à legislação de segurança contra incêndio e pânico. Quem quiser promover eventos abertos ao público, deve nos procurar para receber orientações e regularizar o espaço. Se houver risco iminente à vida, faremos a interdição”.

“Todo cuidado no trânsito é pouco durante esse período de consumo excessivo de bebidas alcoólicas, observa o supervisor da Guarda Municipal, Fábio Medeiros. Apesar da época festiva, a mistura de álcool e direção, segundo ele, deve sempre ser evitada para que um momento comemorativo não se transforme em tragédia. “Vamos fazer festas com segurança e responsabilidade. Vamos intensificar a fiscalização sobre o uso de som com volume abusivo. Não queremos acabar com a festa de ninguém, mas a ordem e a tranquilidade das pessoas devem ser respeitadas”.

A busca da garantia da segurança dos consumidores, dos comerciantes e trabalhadores do comércio local, que tem sido uma preocupação constante da CDL, costuma crescer durante o final do ano, declarou o presidente do órgão, Petronílio Souza. “Tínhamos protocolado um ofício nesse sentido aqui na Secretaria de Segurança e Trânsito e agora, com o lançamento da Operação Boas Festas, queremos agradecer aos órgãos envolvidos e dizer que ficamos bem mais tranquilos e confiantes de que teremos um Natal abençoado e um Ano Novo bem melhor para todos nós”.

Fonte: Só noticias

>>AnteriorCandidatos eleitos em 2020 devem ser diplomados até amanhã
Próxima>>Atropelamento do Santos deixa Renato sem a desculpa de R$ 200 milhões

Comente essa matéria

Comente:
Digite seu nome